Ligue-nos: (11) 5594-3277 | (11) 9.8693-4643
E-mail: comercial@fernandesgrossi.com.br
Nosso Horário:
Seg a Sex 08h00 - 18h00

Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios

Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios

 

O que será feito?

Prestamos consultoria e/ou elaboramos, em linguagem prática, do Manual de Operação, Uso e Manutenção. Para tanto, descrevem-se os componentes e sistemas da edificação, orientando sobre como utilizá-los, operá-los e mantê-los em boas condições. Desse modo, atende-se à vida útil estabelecida em projeto e cumpre-se o requerido pelas normas técnicas ABNT NBR 14037 (Manual de Operação, Uso e Manutenção), ABNT NBR 5674 (Manutenção de Edificações) e ABNT NBR 15575 (Desempenho de Edificações Habitacionais).

Por que deve ser feito?

O Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios tem por objetivo:

  • – Informar aos usuários da edificação as características técnicas de todos os seus sistemas e subsistemas;
  • – Descrever procedimentos para conservação da edificação, bem como a operação dos equipamentos;
  • – Em linguagem didática, informar e orientar os usuários com relação às suas obrigações quanto às atividades de uso e manutenção da edificação;
  • – Prevenir a ocorrência de falhas ou acidentes decorrentes de uso inadequado;
  • – Contribuir para que a edificação atinja a vida útil de projeto.

Minimizando, assim, demandas judiciais decorrentes da falta de informação dos usuários.

Onde deve ser feito?

O Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios deve ser feito, em geral, em empresas incorporadoras, construtoras, escritórios de projetos e condomínios antigos que não possuem Manual.

Quando contratar?

O Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios pode ser contratado para atender às seguintes demandas:
– Projeto e/ou execução de obras;
– Em edifícios antigos sem manual (ou desatualizado) ou com necessidade de melhorias;
– Após execução obras e reformas.

Como será feito?

O Manual de Uso, Operação e Manutenção de Edifícios será elaborado/revisado por meio de análise dos projetos, especificações dos fabricantes de diversos elementos e componentes da edificação e, se necessário, vistoria in loco na edificação.

Quanto vai custar?

Entre em contato e solicite um orçamento.

Principais referências:

ABNT. NBR 5671: Participação dos intervenientes em serviços e obras de engenharia e arquitetura. Rio de Janeiro, 1991. 10 p.
ABNT. NBR 5674: Manutenção de edifício: requisitos para o sistema de gestão de manutenção. Rio de Janeiro, 2012.
ABNT. NBR 14037: Diretrizes para elaboração de manuais de uso, operação e manutenção das edificações — Requisitos para elaboração e apresentação dos conteúdos. Rio de Janeiro, 2014, 16 p.
ABNT. NBR 15575-1: Edificações habitacionais — Desempenho – Parte 1: Requisitos gerais. Rio de Janeiro, 2013, 71 p.
ABNT. NBR16280: Reforma em edificações – Sistema de gestão de reformas – Requisitos. Rio de Janeiro, 2015.

Artigos relacionados:

http://fernandesgrossi.com.br/consequencias-da-ausencia-de-manutencao-em-edificacoes/
http://fernandesgrossi.com.br/manutencao-e-reparo-de-revestimentos-de-fachada/
http://fernandesgrossi.com.br/manutencao-de-sistemas-hidrossanitarios-nos-condominios/
http://fernandesgrossi.com.br/sistema-de-ancoragem-para-manutencao-em-fachadas/
http://fernandesgrossi.com.br/ciclo-de-vida-de-edificacoes-habitacionais/
http://fernandesgrossi.com.br/sugestoes-de-economia-de-agua-em-condominios/

Nomes correlatos:

Manual de Áreas Comuns; Manual de Unidades Privativas; Manual do Edifício; Manual do Síndico; Manual do Proprietário; Manual do Zelador.
WhatsApp Logo